Aston Villa busca empate contra o Liverpool no fim, mas adia classificação à Liga dos Campeões

Um jogo que não valia nada para o Liverpool pode “esquentar” de vez a reta final do Campeonato Inglês. Os comandados de Jürgen Klopp empataram por 3 a 3 na casa do Aston Villa e deixaram o Tottenham vivo na luta por vaga à Liga dos Campeões, sob obrigação de ganhar do Manchester City em jogo adiado, nesta terça-feira.

Na quarta posição, o Aston Villa podia abrir sete pontos se ganhasse e fecharia os quatro garantidos na Liga dos Campeões pelo Inglês – Arsenal, City e Liverpool já estão confirmados. Ocorre que o nervosismo e as falhas atrás e na frente acabaram custando um triunfo. Mesmo assim, o time ainda esboçou uma reação no fim para anotar dois gols, se livrar da derrota, e seguir dependendo de suas forças.

Restando uma rodada, o Aston Villa pode ver o Tottenham ficar somente dois pontos atrás, com uma rodada para o fim, caso ganhe do City nesta terça, o que esquenta um jogo que pode ser decisivo na briga pela taça. O time de Pep Guardiola tem um ponto a menos que o líder Arsenal e tem de ganhar, pois o saldo de gols é desfavorável (61 a 58 para o Arsenal).

Apenas cumprindo tabela, já sem chances de título e com a vaga para a próxima edição da Liga dos Campeões garantida, o Liverpool precisou de somente um minuto para abrir o placar em falha bisonha do goleiro Dibu Martínez. De volta ao time, o campeão mundial com a Argentina não conseguiu encaixar o cruzamento e ainda mandou contra as próprias redes.

O técnico Unai Emery aplaudiu o goleiro para lhe passar confiança. Ao mesmo tempo, o treinador tentava ajustar a marcação pelo lado esquerdo. Logo após o gol, Salah passou como quis pelo marcador e quase ampliou. Perdi em campo, o Aston Villa não produzia nada. Dibu Martínez apareceu até como zagueiro, cortando de cabeça.

No primeiro ataque, contudo, os donos da casa empataram. Watkins rolou para trás, Tielemans bateu forte e foi aplaudido de pé até por seu torcedor ilustre, o ator americano Tom Hanks, atrás do gol onde saiu a igualdade.

A festa durou pouco. E mais uma vez em lance que começou pela direita de ataque. Salah recebeu livre e virou a jogada. Gomez dominou em posição questionável e cruzou. Dibu não cortou e Gakpo apenas escorou às redes. O VAR sempre dinâmico na Inglaterra demorou bastante na análise e acabou confirmando o lance.

Diallo ainda teve duas oportunidades de deixar tudo igual novamente. Mas pecou no capricho. Primeiro mandou, cara a cara, a bola nas arquibancadas, Depois, também em grande condição, optou por passe de calcanhar e errou o lance, para reprovação da torcida. Já o brasileiro Diego Carlos errou cabeçada debaixo da trave.

Necessitando de uma virada para não ficar com A última vaga à Liga dos Campeões ameaçada, o Aston Villa levou um duro golpe logo aos dois minutos da fase final. Cobrança de falta alta de Elliott, Quansah cabeceia com estilo, a bola bate na trave e entra.

A frenética etapa poderia ficar quente se o gol de Watkins valesse logo aos seis minutos. Mas o VAR flagrou impedimento de Bailey e o lance acabou impugnado, para desespero do autor do gol, que reclamou muito do companheiro. Mas o camisa 11 também falhou em boa chance. Alisson saiu errado e ele quis anotar de calcanhar, na área, para ira de Douglas Luiz.

O Liverpool seguiu em cima e ampliou com Salah. Estava impedido. Szoboszlai e Arnold pararam em milagre de Dibu Martínez. Com o passar do tempo, o Aston Villa se desesperou, mas ainda viu Durán descontar aos 41, deixando os últimos minutos quentes. E o empate que parecia improvável, veio com Diaby batendo e contando com desvio em Durán para buscar o 3 a 3.

Com a reação, a situação da equipe de Birmingham ainda é tranquila. Precisa que o City tire pontos do Tottenham nesta terça-feira ou fazer sua parte na casa do Crystal Palace na rodada final.

Netinhonews/Redação

Fonte: Site/Noticias ao minuto



Quer saber tudo
o que está acontecendo?

Receba todas as notícias do NetinhoNews no seu WhatsApp.

Entre em nosso grupo e fique bem informado.

ENTRAR NO GRUPO
Publicado em 14 de maio de 2024



Comentários