Botafogo recebe Junior Barranquilla na volta à fase de grupos da Libertadores após sete anos

Após precisar passar pelas fases preliminares, o Botafogo voltará a jogar pela fase de grupos da Copa Libertadores após sete anos. Nesta quarta-feira, às 19h, estreia diante de sua torcida, no Engenhão, no Rio, diante do Junior Barranquilla, da Colômbia. A partida é válida pelo Grupo D, que ainda conta com Universitario, do Peru, e LDU, do Equador.

A última vez em que o Botafogo disputou a Libertadores foi em 2017. Naquele ano, também passou pelas fases preliminares e depois avançou em primeiro no grupo que tinha Barcelona, do Equador, Estudiantes, da Argentina, e Atlético Nacional, da Colômbia.

Nas oitavas, venceu duas vezes o Nacional do Uruguai, por 1 a 0 e 2 a 0. Nas quartas, porém, foi eliminado pelo Grêmio, com empate sem gols e derrota por 1 a 0. O time carioca nunca chegou à final continental, mas foi até as semifinais duas vezes, em 1963 e 1973.

O Botafogo só precisou disputar as fases preliminares porque ficou fora do G-4 do último Brasileirão, em que liderou durante a maior parte. Eliminou Aurora, da Bolívia, e depois o Red Bull Bragantino.

Neste início de temporada, o time teve outra decepção, ao ficar fora das semifinais do Campeonato Carioca, resultando na demissão do técnico Tiago Nunes. O interino Fábio Matias conseguiu amenizar a situação ao conquistar a Taça Rio, diante do Boavista, garantindo vaga à Copa do Brasil.

Envolvido em polêmicas por acusações de manipulação de resultados em jogos no Brasil, John Textor, dono da SAF, encaminhou acerto com o técnico português Artur Jorge, do Braga, de Portugal, embora o anúncio oficial ainda não tenha sido realizado.

Fábio Matias poupou o time titular no último final de semana diante do Boavista. Ainda contou com três retornos de lesionados: o volante Patrick de Paula, que se emocionou ao voltar aos gramados após mais de um ano, e os atacantes Luiz Henrique e Jeffinho.

Para esta estreia, o técnico interino vai com o que tem de melhor. Fábio já tinha deixado claro que não queria ser técnico efetivo e que o objetivo era deixar tudo organizado para o novo comandante. “Fiz o meu melhor para o Botafogo, fazemos tudo pelo clube. Sou funcionário, sou staff permanente. Em situações de crise, você tem o permanente para sustentar. Tínhamos que deixar tudo organizado e fizemos isso.”

O Junior também nunca chegou à final e só disputou as semifinais uma vez, em 1994. O time está motivado após vencer o La Equidad por 1 a 0 pelo Campeonato Colombiano, atingindo os 24 pontos, em sexto lugar.

Entretanto, o técnico Arturo Reyes teve uma péssima notícia, pois o zagueiro Emanuel Olivera, que disputou 12 dos 14 jogos da competição nacional, sofreu uma lesão no joelho e está fora. Ceballos e Nico Salazar são opções para substituí-lo.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO X JUNIOR-COL

BOTAFOGO – Gatito Fernández; Damián Suárez, Lucas Halter, Alexander Barboza e Marçal; Gregore, Marlon Freitas e Eduardo; Júnior Santos, Tiquinho Soares e Savarino. Técnico: Fábio Matias (interino).

JUNIOR – Santiago Mele; Gabriel Fuentes, Jermein Peña, Ceballos e Walmer Pacheco; Víctor Cantillo, Didier Moreno, e Yimmy Chará; José Enamorado, Deiber Caicedo e Carlos Bacca. Técnico: Arturo Reyes.

ÁRBITRO – Cristian Garay (CHI)

HORÁRIO – 19h

LOCAL – Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).

 

Netinhonews/Redação

Fonte: Site/Noticias ao minuto



Quer saber tudo
o que está acontecendo?

Receba todas as notícias do NetinhoNews no seu WhatsApp.

Entre em nosso grupo e fique bem informado.

ENTRAR NO GRUPO
Publicado em 04 de abril de 2024



Comentários