Um ano de cuidados excepcionais: Clínica Municipal de Fisioterapia de Mucuri comemora seu 1º aniversário com quase 7 mil atendimentos

A Clínica Municipal de Fisioterapia de Mucuri comemora neste mês de maio o seu primeiro aniversário desde a inauguração, marcando um ano de compromisso e comprometimento com o bem-estar e a saúde dos munícipes. Desde sua cerimônia de inauguração em 12 de maio do ano passado, a unidade tem sido um farol de esperança para aqueles que necessitam de cuidados de reabilitação, pois trata-se da primeira unidade pública do gênero na história do município e uma das mais modernas do interior do Estado, com um espaço dedicado e exclusivo para o atendimento fisioterapêutico, prestado pelo poder público municipal.

Ao longo desses 12 meses, a Clínica Municipal de Fisioterapia de Mucuri tem desempenhado um papel crucial na vida de muitos residentes, fornecendo uma ampla gama de serviços essenciais e se tornou um marco em cuidados humanizados. Um equipamento da Prefeitura de Mucuri sob comando da Secretaria Municipal de Saúde e a visão da coordenadora da clínica, a fisioterapeuta Soraya Rocha Campelo Guimarães, a unidade se estabeleceu como uma fonte confiável de apoio à saúde na comunidade.

Anteriormente os pacientes precisavam se deslocar para outras cidades da região ou dos estados vizinhos do Espírito Santo e Minas Gerais em busca do serviço ou pagar no mercado de saúde particular para se conseguir acesso a serviços ligados à fisioterapia motora, pós-operatória, neurológica e respiratória. Em passado recente, algumas administrações contratavam os serviços por meio de empresas prestadoras. E no ano passado, o município conquistou a sua própria Clinica de Fisioterapia, aliás, serão duas unidades, a de Mucuri que acaba de completar 1 ano de funcionamento e a outra é na Avenida Marieta Gazzinelli, no distrito de Itabatã, que será entregue à população agora em junho de 2024.

Entre 15 de maio de 2023 e 15 de maio de 2024, a Clínica Municipal de Fisioterapia de Mucuri registrou números impressionantes de atendimentos, destacando sua importância na área da saúde pública. A fisioterapia ortopédica liderou o caminho com 5.500 atendimentos, seguida pela fisioterapia neurológica com 661 e fisioterapia respiratória com 58. Além disso, o grupo de coluna registrou 564 atendimentos, totalizando 6.783 sessões ao longo do ano inaugural.

A coordenadora da unidade, a fisioterapeuta Soraya Campelo ressaltou a missão humanitária da clínica, destacando-a como uma unidade dedicada a servir a todos os que precisam de serviços de reabilitação, com compaixão e excelência. Ela expressou gratidão à equipe e aos pacientes por tornarem possível o sucesso da clínica neste primeiro ano. “A comunidade de Mucuri celebra não apenas o aniversário da Clínica Municipal de Fisioterapia, mas também o impacto positivo que ela teve nas vidas das pessoas. E vai continuar a ser um farol de esperança e um exemplo de dedicação à saúde pública, prometendo continuar a oferecer cuidados excepcionais nos anos vindouros”, disse a coordenadora.

Segundo o secretário Municipal de Saúde de Mucuri, o farmacêutico bioquímico Fernando Jardim, a 1ª Clínica Municipal de Fisioterapia de Mucuri, trata-se de um equipamento que poucas cidades brasileiras possuem, pois trata-se de uma conquista do prefeito Robertinho, que veio para proporcionar a ampliação e a qualificação de atendimentos a essa demanda importante de assistência aos pacientes com sequelas respiratórias e físicas, além de estar alinhada ao compromisso de aprimorar a assistência especializada em saúde com equipamentos modernos e técnicas inovadoras. E que pacientes acamados e de fluxo rápido, contam com aparelhos e equipamentos de alta qualidade para atender com excelência a população mucuriense, tudo de forma gratuita, com profissionais especializados.

A Clínica Municipal de Fisioterapia de Mucuri é composta por área de espera; sala de recepção para atendimento; instalações sanitárias femininas, masculinas e para pessoas com necessidades especiais; sala de avaliação infanto-juvenil com mesa e maca; sala de fisioterapia infanto-juvenil com três macas para atendimento; sala para avaliação de adultos com mesa de atendimento e maca; sala de fisioterapia adulto com três macas para atendimento, ao todo, são 7 salas de eletroterapia. A acessibilidade não foi esquecida: o acesso à edificação será através de rampas protegidas por corrimão e guarda-corpo.

Netinhonews/Redação

Fonte: Site/PMM



Quer saber tudo
o que está acontecendo?

Receba todas as notícias do NetinhoNews no seu WhatsApp.

Entre em nosso grupo e fique bem informado.

ENTRAR NO GRUPO
Publicado em 22 de maio de 2024



Comentários