Presidente da Enel diz que 80 mil clientes estão sem luz em SP e promete restabelecer energia até a noite desta quinta

O presidente da Enel no Brasil, Nicolas Cotugno, disse nesta quinta-feira, 16, que 80 mil clientes estão sem luz na Região Metropolitana de São Paulo. De acordo com Cotugno, quase 290 mil  foram afetados pela falta energia, após um forte temporal atingir a capital paulista nesta quarta-feira, 15. O executivo pediu desculpas e prometeu restabelecer a energia até a noite desta quinta-feira. “Conseguimos chegar hoje, às 7h, com redução [da falta de energia] em 70%. Ontem tivemos 652 equipes trabalhando, quatro vezes mais que o normal. Reduzimos hoje para 80 mil E, no final do dia e começo da noite, normalizamos a todos”, disse em seu depoimento na CPI da Enel, na Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo). Em comunicado, a Enel, concessionária responsável pela distribuição de energia em São Paulo, informou que, além das chuvas, rajadas de vento de até 55 km/h atingiram estruturas da distribuição, confirmando que as Zonas Norte, Sul e Oeste foram as mais afetadas. “Seguimos com reforço das nossas equipes em campo para normalizar o fornecimento de energia para os clientes impactados”, finaliza a nota divulgada pela empresa. A Defesa Civil do Estado de São Paulo, por meio do CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), emitiu alerta de tempestades e rajadas de vento intensas com validade entre sexta-feira, 17, e domingo, 19. A soma do calor com a umidade proveniente da Amazônia e a passagem de uma frente fria criarão condições para pancadas de chuva forte no Estado. Além disso, existem condições para temporais, seguidos por raios, granizo e rajadas de vento intensas. As rajadas de vento poderão variar entre 60 e 80 km/h, podendo alcançar, antes ou durante as chuvas, até 100 km/h. Já para as condições de chuvas, na Região Metropolitana de São Paulo, Campinas e Sorocaba, acumulados devem ser de 100 mm. Em São José dos Campos, Litoral Norte, Vale do Paraíba, Itapeva e Serra da Mantiqueira de até 150mm. Baixada Santista, 120 mm. Para as regiões de Presidente Prudente, Marília e Bauru, a previsão é de chuva com acumulados de até 90 mm. São José do Rio Preto, Araçatuba e Araraquara, 80 mm. E para as regiões de Franca, Barretos e Ribeirão Preto, 70 mm.

Por conta da previsão, Cotugno disse que haverá 1.200 equipes da Enel à disposição nas ruas, além de 1.500 funcionários no serviço call center. Contudo, ele alertou que novos casos de falta de energia poderão ser registrados neste fim de semana. “No momento de uma possível contingência tão pesada, não podemos assegurar que não possa faltar luz também na casa de clientes que dependam da eletricidade”, afirmou. O Corpo de Bombeiros registrou 122 chamados para queda de árvores, sendo 106 no período entre 18h às 23h59., na capital e na Região Metropolitana. Foram 11 chamados para alagamentos  e oito para desabamentos. Não houve registro de vítimas. Durante o feriado de Finados, um forte temporal causou a morte de oito pessoas. Na ocasião, cerca de 300 mil clientes ficaram sem luz.

Netinhonews/Redação

Fonte: Site/JP



Quer saber tudo
o que está acontecendo?

Receba todas as notícias do NetinhoNews no seu WhatsApp.

Entre em nosso grupo e fique bem informado.

ENTRAR NO GRUPO
Publicado em 16 de novembro de 2023



Comentários