Região: Queijeira de Itamaraju conquista três medalhas no Concurso Mundial do Queijo Brasil 2022

A empresária Mirian Nogueira Aquino, que produz queijo artesanal em Itamaraju, no Extremo Sul da Bahia, conquistou três medalhas no concurso Mundial do Queijo Brasil 2022, que aconteceu em São Paulo no último final de semana. Com o requeijão fundido com raspa de tacho e a manteiga de pote, Mirian conquistou a medalha de bronze e com o queijo muçarela Lapinha, a empresária baiana trouxe a medalha de prata.

Ao receber as medalhas, Mirian Nogueira agradeceu a todos que a apoiaram. “Agradeço a Deus, meus clientes, familiares e amigos e ao Sebrae por ter reconhecido em mim o potencial para participar desses concursos e ter possibilitado a minha vinda para São Paulo, junto com a Prefeitura de Itamaraju. Neste Mundial pude viver a mais rica experiência da minha vida”, celebrou Mirian que há 30 anos, melhorou seu processo produtivo, conquistou novos clientes e expandiu a empresa que leva seu nome: Produtos Mirian Laticínios em Geral e Queijaria Artesanal.

Acompanhando o concurso a distância, o gerente regional do Sebrae em Teixeira de Freitas, Alex Brito, parabenizou a empresária e toda equipe envolvida. “Estamos muito honrados por ter uma mulher tão forte quanto a Mirian Nogueira como ganhadora. Todos os produtores da região e da Bahia têm muito potencial. O estado trouxe o total de 18 medalhas desse Mundial e isso indica o potencial produtivo do segmento”, destacou.

Ao todo, o concurso de queijos e lácteos recebeu 1,133 mil inscrições de 11 países: Brasil, Brasil, México, Panamá, Estados Unidos, Portugal, Espanha, França, Itália, Suíça, Inglaterra e País de Gales.

 

Fonte: Sebrae/Bahia – Por Milka Morais



Quer saber tudo
o que está acontecendo?

Receba todas as notícias do NetinhoNews no seu WhatsApp.

Entre em nosso grupo e fique bem informado.

ENTRAR NO GRUPO
Publicado em 20 de setembro de 2022



Comentários