Teixeira: Forças Polícias de Teixeira unidas contra o crime: Policiais civis e militares realizam cumprimento de mandados de prisão e busca apreensão na Operação “Vendaval”

Foto: Internet

Nas primeiras horas da manhã desta terça-feira, dia 09 de agosto, as forças policiais de Teixeira de Freitas, envolvendo policiais civis do Núcleo de Combate ao Crime da 8ª COORPIN/CATI, e do Serviços de investigação (SI) da delegacia territorial, juntamente com policiais militares da 87º CIPM, realizaram operação “Vendaval”, para cumprimento de mandados de prisão e busca apreensão. A operação que foi coordenada pelos delegados, Dr. Marcos Ludovico (delegado titular de Teixeira de Freitas), Dr. Bruno Ferrari, e Dr. Gilmar Meireles (Delegados do CATI/SUL), juntamente com os investigadores (PC), Alexandre, André Vitoriano, Rodrigo, Rafael, Diogo, Zé Carlos, Cleber, Derivaldo Alex delegados Gilmar Meirelles.

 

Foto: Internet

Que contaram com o apoio de 4 guarnições da polícia militar, que tinha como Oficial responsável, o Ten. Claudionor, representado o Comando do Major Neto, da 87º CIPM. As guarnições foram subdivididas para executarem os alvos dos mandados simultaneamente, no qual obtiveram êxito no cumprimento de 6 mandados de prisão, não sendo encontrado o sétimo foragido da Justiça, que estava incluso na operação.

Os mandados de prisão foram executados em desfavor dos seguintes foragidos:

Felipe dos Santos Nogueira, vulgo “Frajola”;
Carlos Henrique Rodrigues Pereira, vulgo “Cecão”;
Werle de Brito Krygsman, vulgo “Desenho”
Angelo Messias Ramos Mendes.

Esses foram presos em casa, onde também foram realizando os mandados de busca apreensão. Já outros dois mandados foram cumpridos no interior do Conjunto Penal – CPTF, onde se encontra o chefe da organização criminosa, denominada como o Grupo do “Jhow”, que leva o nome do próprio criminoso, identificado como, João Lucas da Silva Batista, vulgo “Jhow”. O sexto mandado de prisão também foi cumprido no CPTF, para com, um dos seus braços direito dentro da organização, João Paulo Dias Fernandes, vulgo “JP”, ambos receberam voz de prisão em decorrência dos mandados, se fazendo cumprir à ordem Judicial.

Foto: Internet

O sétimo mandado de prisão, sendo em desfavor do então foragido da Justiça, Marcelo Barbosa de Oliveira, que não foi localizado, sendo cumprido apenas o mandado de busca apreensão no endereço informado de onde ele poderia estar. Segundo informações todos esses mandados de prisão, foram pedidos à Justiça, para conclusão de inquéritos por tráfico de drogas, e homicídios que estão acontecendo na cidade, com ordens que saíram de dentro do Conjunto Penal, do João Lucas “Jhow”, que nas investigações, ele é apontado como o chefe da organização criminosa, que tem disputado espaços para o controle de pontos de tráfico, no qual têm ordenado seus liderados, a executar os seus rivais, bem como, o gerenciamento dos pontos de vendas de drogas, na região do bairro João Mendonça, e circo vizinhos.

Foto: Internet

Os presos, Felipe “Frajola”; Carlos Henrique, “Cecão”; Werle, “Desenho”; e Ângelo Messias, estão presos na carceragem da 8ª COORPIN, à disposição da Justiça, e das investigações que seguem em curso para conclusão dos inquéritos que estão em fase de apuração dos acusados, bem como, as investigações apontam para outras pessoas que estão sendo também investigadas dentro dos referidos inquéritos. No qual poderão serem presos a qualquer momento.

Repórter: Cloves Neto



Quer saber tudo
o que está acontecendo?

Receba todas as notícias do NetinhoNews no seu WhatsApp.

Entre em nosso grupo e fique bem informado.

ENTRAR NO GRUPO
Publicado em 10 de agosto de 2022



Comentários