Teixeira: Tiros, vítima baleada, correria, mobilização das forças policiais, 87º CIPM, BOPE, CHOQUE, CAEMA, CIPA; termina após 5 horas com 2 suspeitos presos e um adolescente apreendido

Na manhã desta quinta-feira, 29 de setembro, aconteceu uma grande mobilização das Forças Policiais da PMBA na cidade de Teixeira de Freitas, após um suspeito ter efetuado um disparo de arma de fogo, que atingiu uma senhora que estaria deixando o seu filho na Escola Municipal São Geraldo no bairro Tancredo Neves. As unidades envolvidas na ação policial foram a 87º CIPM; CAEMA; CHOQUE; CIPA; e o BOPE, que se deslocou da Capital Salvador, para assumir a ocorrência, pois supostamente os acusados estariam com reféns no interior do imóvel.

As informações foram que, os suspeitos teriam passado a noite bebendo e consumido drogas, no interior de uma residência localizada na Rua Editorial, no bairro Tancredo Neves, quando por volta das 7h00 da manhã, eles teriam iniciado uma confusão entre eles, quando o acusado, Geovane da Paixão Rocha, 38 anos, que era o cabeça entre os suspeitos, e que estava de posse de uma arma tipo revólver marca Taurus, de calibre .38, que realizou alguns disparos sentido ao portão da residência, de dentro para fora, sendo neste momento que um dos disparos atravessou o portão, e atingiu a vítima, a Senhora Vanete de Jesus Barros, na região do abdômen, quando levava o seu filho menor para Escola São Geraldo, que fica em frente ao referido imóvel. Momento que a vítima correu para o interior da Escola, onde foi acolhida pelos profissionais, que ligaram para o SAMU, e para a Central do CICOM/190, momento que a equipe do SAMU chegou, prestou os primeiros socorros, e conduziu-a para o Hospital Municipal – HMTF, onde assim que chegou foi para o bloco cirúrgico, onde passou por cirurgia, e segue em estado grave e delicado.


Já o criminoso, Geonvane, continuou ainda realizando disparos em direção ao portão, quando um policial militar que estava apaisana, que passava pelo o local, e viu a situação, realizou um contenção provisória até a chegada de uma guarnição, do 2º Pelotão da 87º CIPM, que foi tentar dialogar com os mesmos, momento que foi feito novos disparos sentido ao PMs que pediram reforços. Os criminosos neste momento passaram a simular que estavam com reféns no interior do imóvel, no qual, haveria outras pessoas no interior do imóvel que é em anexo no que os criminosos estavam, e que ficaram trancados no interior do mesmo, sendo usados pelos criminosos dizendo que eles estariam como reféns na situação, simulando uma situação de alta complexidade, sensibilidade na operacionalidade e ação da força policial.


O Comandante da 87º CIPM, Major Neto, assim que tomou conhecimento dos fatos, se deslocou de imediato, juntamente com o seu subcomandante, Capitão Thiago, que assumiram a ocorrência, que comunicou ao comandante do CPR-SUL, que determinou o deslocamento das guarnições da CAEMA, Choque e CIPA que estavam na região do Prado, para local, que ao chegarem o Major Cilindro, do Choque, assumiu a ocorrência ao lado do Major Neto, sendo feito um isolamento maior entorno do quarteirão, iniciando uma tentativa de negociação com os suspeitos, que a todo o momento ameaçavam e diziam que não iram se render, e que, quem tentasse entrar no imóvel iria morrer, pois estavam pronto para executar a todos, e inclusive os supostos reféns.


Após serem esgotadas todas as possibilidades de rendição dos mesmos, o Comando Geral da PM que estavam recebendo informações de forma instantânea de todas as tentativas, em mais de três horas de mobilização na ação policial, e sem êxito com os criminosos, que até, então, estavam preocupados com a preservação da vida, dos supostos reféns, decidiu encaminha para o local uma equipe do BOPE, com especialidade neste tipo de gerenciamento de crise, sendo deslocados da Capital em um avião jatinho para assumirem a ocorrência, sendo 9 Policiais entre oficiais; Snaps; Negociadores; e Suporte de ação enérgica. Eles chegaram em Teixeira por volta das 12h15 minutos, que ao assumirem a ocorrência, o negociador se apresentou para os acusados, dizendo que a partir daquele momento a unidade especializada BOPE estaria assumindo as negociações, foi quando eles mais uma vez repetiram as mesmas ameaças ao negociador, que tentou iniciar um dialogo para a entrega dos reféns, e a rendição deles, quando os mesmos, colocaram fogo em colchões na área onde eles estavam, momento que uma fumaça preta tomou conta do imóvel, e os policiais perceberam a fragilidade dos acusados, realizaram a invasão ao imóvel, conseguindo mobilizar e prender os acusados, bem como, resgatarem as pessoas que estavam no imóvel em anexo.


Os outros dois acusados que estavam no interior do imóvel, além do Geovane Rocha, o causador de toda situação, estava ainda, Rodrigo Ferreira Lisboa, 19 anos, e um adolescente de 16 anos, que foi apreendido juntamente com os dois acusados presos, e encaminhados para delegacia territorial, com todos os materiais também apreendidos, sendo a arma utilizada um revólver calibre .38; 8 munições do mesmo calibre intactas; 1.860 de substância tipo maconha; 320 gramas de cocaína; 01 balança de precisão; uma soqueira de ponta aguda, e quatro celulares, que foram apresentados para o delegado de Plantão, Dr. Ricardo Amaral, que após as oitivas, flagranteou o Geovane da Paixão Rocha, por tentativa de homicídio, tráfico de drogas, associação para o tráfico, e corrupção de menores. Já o Rodrigo Ferreira, foi flagranteado por tráfico de drogas, associação ao tráfico, e corrupção de menores, e com o adolescente foi realizado um BOC – Boletim de Ocorrência Circunstanciado, por envolvimento ao tráfico de drogas, que será encaminhado para o Ministério Público tomarem as medidas cabíveis, sendo este liberado para os familiares.

 

Vídeo: Entrevista TV Santa Cruz : 

 

 

 

Netinhonews/Cloves Neto



Quer saber tudo
o que está acontecendo?

Receba todas as notícias do NetinhoNews no seu WhatsApp.

Entre em nosso grupo e fique bem informado.

ENTRAR NO GRUPO
Publicado em 29 de setembro de 2022



Comentários